Tipos Incomuns (algumas histórias) - Tom Hanks | Resenha

Por - 18:11:00



Tipos Incomuns (algumas histórias)
Tom Hanks
Editora Arqueiro



"Um affaire agitado e divertido entre dois grandes amigos. Um ator medíocre que se torna uma estrela e se vê em meio à frenética viagem de divulgação de um filme. O colunista de uma cidadezinha com um ponto de vista antiquado sobre o mundo. Uma mulher se adaptando à vida na nova vizinhança após o divórcio. Quatro amigos e sua viagem de ida e volta à Lua num foguete construído num fundo de quintal.

Essas são apenas algumas das pessoas e situações que Tom Hanks explora em sua primeira obra de ficção. Os contos têm algo em comum: em todos, uma máquina de escrever desempenha um papel — às vezes menor, às vezes central.

Conhecido por sua sensibilidade como ator, Hanks traz essa característica para sua escrita. Ora extravagante, ora comovente, ocasionalmente melancólico, Tipos incomuns deleitará e surpreenderá seus milhões de fãs."


Eu preciso dar o braço a torcer porque sinceramente, quando eu soube deste livro e escolhi ele, eu fiquei receosa justamente pelo autor. Não sou verdadeiramente uma fã dos filmes do Tom Hanks e não conhecia muito sobre a parte literária dele. Mas devo admitir que logo de início eu me vi completamente absorvida por personagens incrivelmente desajustados e que não podiam ser mais próximos da gente.

A escrita do Tom é repleta de pequenas normalidades de vida, o que faz com que os personagens sejam bem próximos da gente, como se fossemos realmente expectadores da vida delas. Com uma leitura fácil e que varia da diversão para a melancolia, alguns bons toques de poesia e também pelos absurdos que a gente nem consegue imaginar. Apesar de tudo, alguns contos são um tanto arrastados, mas de verdade, nada que realmente diminua um livro tão rico.

Dos contos, teve vários que eu fiquei encantada, mas tem um que eu fiquei completamente apaixonada.



Kenny Stahl é um garoto de dez anos que agora está se adaptando as mudanças que parecem cada mais rápido. Antes vivia com sua família, agora ele vive em uma casa com seu Pai, Madrasta e outros meios-irmãos. Compreender que agora sua vida é dividida em duas casas, duas famílias que são completamente diferentes do ambiente que ele estava acostumado e tudo isso pelo ponto de vista de uma criança que está tentando ver o lado bom de tudo isso, passando para nós também como a Mãe dele faz de tudo para mostrar como ela pode ser melhor que seu Pai.

É muito mais complexo do que parece, divertido e ao mesmo tempo, claramente emotivo.

Alguns contos funcionam muito bem no modo de roteiro como eles foram escritos e realmente, é possível ver um pequeno filme em sua cabeça durante a leitura.

Uma leitura extremamente divertida para qualquer momento.





Outras postagens que você talvez goste

0 comentários

No Instagram @mylivropreferido