02/07/2014

Resenha | Antes da Forca; A Primeira Lei - Joe Abercrombie


Antes da Forca - A Primeira Lei - Livro 2 

Abercrombie, Joe 
Editora Arqueiro

Nesta ardilosa sequência de O poder da espada, o futuro da União está em três frentes de batalha – e nenhuma delas parece nem perto da vitória.
Sand dan Glokta se tornou o todo-poderoso de Dagoska e tem de impedir que ela seja tomada pelos inimigos – tarefa difícil em uma cidade com muralhas decadentes e escassez de soldados. Além disso, o ex-torturador também precisa desvendar uma conspiração no conselho governante e salvar a própria pele.
Enquanto isso, nas terras congeladas de Angland, o coronel West tem pela frente uma complicada missão: proteger o príncipe herdeiro no campo de batalha e evitar que a inexperiência e a arrogância dele levem todos para a morte.
Ao mesmo tempo, Bayaz, o Primeiro dos Magos, lidera uma expedição que cruzará o continente até a borda do Mundo. Passando por terras amaldiçoadas e esquecidas no passado, ele precisa encontrar a Semente – uma relíquia do Tempo Antigo que poderia pôr um fim à guerra, ao exército de comedores que se multiplica no Sul e aos bandos de shankas que atacam no Norte.
Nesta trama inteligente e de personagens complexos, antigos segredos são revelados, batalhas sangrentas são travadas, inimigos mortais são perdoados – mas não antes de estarem na forca.

"Devemos perdoar nossos inimigos, mas não antes de serem enforcados."

Uma citação cínica de Heinrich Heine define o tom para o segundo romance da trilogia A Primeira Lei de Joe Abercrombie. O primeiro romance lidou com um grupo diversificado de personagens que descobrem que o império que proporciona estabilidade para a sua região, está em perigo de ser destruído pelas forças de dentro e de fora de suas fronteiras. Agora eles retomam a história onde com os personagens que sobreviveram ao primeiro romance tentando desvendar as conspirações políticas e antigos mistérios que os cercam. Há muito pouco perdão no mundo da União, e os erros, uma vez feitos, são geralmente fatal.

Um conjunto de desajustados heróicos está em uma missão para salvar a União das invasões gêmeas de magos canibais do Sul e perturbadoras criaturas zumbi do Norte. Este parece ser um objetivo digno. É verdade que a União é um dos melhores lugares que há, civilização corrupta propensos a oprimir seus cidadãos, mas de qualquer outra alternativa é pior. E a festa é guiada por Bayez, Primeiro dos Magos, uma figura lendária que trouxe a paz e a civilização para o mundo. 

O torturador foi nomeado superior da cidade de Dagoska. Isso seria uma grande honra, se não fosse o fato de que o ocupante anterior do cargo foi assassinado. A principal tarefa de Glotka como superior consiste, portanto, de erradicar a conspiração que matou seu antecessor antes que eles o assassinem ele também. Além disso, há o problema de uma guerra contínua na região. Dagoska está sob o cerco por um vasto exército, bem abastecido, e Glotka foi condenada a manter a cidade sem suprimentos ou sem esperança de reforço. Em outras palavras, o novo trabalho de Glotka é uma sentença de morte, e ele deve usar cada truque sujo à sua disposição para se manter vivo.

 O personagem mais ilustre da estória, Major West, está tendo problemas de sua autoria. O comandante obediente foi condenado a escolta da União pelo príncipe Ladisla, para a batalha com o Gurkish. O príncipe mimado, é claro, foi enviado para a parte mais segura da linha de frente, mas os preparativos cuidadosos são jogados no caos quando Ladisla decide que quer ganhar "glória eterna", fazendo um movimento ousado contra o Gurkish. O Ocidente é forçado em uma posição em que ele deve decidir constantemente entre seguir ordens como um bom soldado e opondo-se ao poderoso aristocrata cujos caprichos pode matar todos eles.

O pesonagem mais interessante da Abercrombie é Glotka, permanece uma figura atraente, e a linha da história que segue suas tentativas de salvar a cidade sitiada de Dagoska é a mais forte e a mais legal da estória. Glotka tem seus momentos de redenção, mas no geral ele continua sendo um personagem cínico e divertido.
E pra falar a verdade, eu achei que essa série ficaria melhor a cada livro, mas achei esse livro um pouco cansativo, o primeiro é bem melhor, porém o livro continuou muito bem e deu um bom avanço ao decorrer da estória.

PS: Eu amei essa capa, e gostei bastante que a Arqueiro ira trocar a capa do primeiro livro também.


Sobre o autor




Joe Abercrombie (nascido em 31 de dezembro de 1974) é ​​um escritor britânico de fantasia e editor de filmes. Ele é o autor da trilogia A Primeira Lei e de outros trabalhos do gênero fantasia.
Junto de nomes como Naomi Novik, China Miéville, Justin Cronin, Michael J. Sullivan, Peter V. Brett, Brandon Sanderson e Mark Lawrence, foi um dos maiores representantes, entre os jovens autores contemporâneos de sucesso, da literatura fantástica adulta. (...)


http://sdebrasil.com.br/produto/litfantastica-bang/fantasia/outlander-a-viajante-do-tempo/
Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Ai minha nossa, esse livro parece ser bem intenso. Não se se teria coragem de ler...Sua resnha ficou incrível, deu pra eu ter uma ideia do que se trata o livro.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. OOOOOOOOOOOOI, Kekaaaaaa! ♥ Meu Deus, só a capa me atraiu, hahaha! A história... Hm, nem tanto! Não faz muuuuito meu estilo, mas não deixa de ser interessante! E que nome esquisito! Glotka, hahahaha! Três estrelas? Puxa, que pena! :c

    Um enoooooorme e grande beijo,

    Juu-Chan || Nescau com Nutella

    ResponderExcluir

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates