30/06/2014

Resenha | A Fenda Branca - Moriarty, Jaclyn 1#

A Fenda Branca - As Cores de Madeleine

Moriarty, Jaclyn
Vergara & Riba

Uma fenda é o elo que une o mundo real e o reino onde as Cores têm vida própria: algumas são perigosas e até podem atacar. Madeleine e Elliot, cada um em um lado, iniciam uma curiosa correspondência que irá revelar uma saída para um universo paralelo onde tudo é possível, especialmente a magia. Original, inteligente e agradável, este livro é um tesouro que vai encantar tanto os leitores de ficção realista quanto os de fantasia.





Enquanto a imaginação por trás da construção de mundo é motivo suficiente para ler A Fenda Branca, os personagens são o que me fizeram ler tão depressa, apesar de eu ter esperado muito tempo para ler o livro, mas o li em um único final de semana, e isso realmente mostra o quão bom o livro é.

Esta é, essencialmente, dois pontos importante da história, e por um toque de ciência e magia, uma dessas histórias acontece em um reino  mágico. Madeleine vive em Cambridge com sua mãe, depois de ter fugido recentemente de seu pai e seu rico estilo de vida para trás. Elliot vive no Reino de Cello, um mundo como o nosso, em muitos aspectos, mas com a adição de magia, criaturas estranhas e, talvez, as mais fantásticas de diferença de cores que se comportam como tempo travesso, sensível. Seu pai está desaparecido, presume-se que ele tenha sido capturado ou morto.

Madeleine e Elliot não poderiam se encontrar, até porque vivem em mundo completamente diferentes, mas isso não os impede de trocar correspondências através de uma rachadura parquímetro em seus mundos. Madeleine inicialmente acredita que ela está falando com uma fantasia romancista.



A leitura deste livro é como aquelas leituras que você não segura de ansiedade de como as coisas iram se resolver ou como os personagens iram se resolver, e antes que perceba, você perdeu completamente a noção do tempo, lendo por um longo tempo. Ás vezes, quando o livro me prende muito e deixo um pouco de lado, em algum lugar no fundo da minha mente consigo escutar uma voz fraca dizendo " Continue a ler, você não esta doida pra saber no que esta estória vai dar? ", foi o que aconteceu aqui. Coisas como, "Mas como assim eles se encontraram por uma rachadura na parede?" foi esse o motivo pra me deixar curiosa e não largar o livro.

Eu realmente apreciei o meu tempo com Madeleine, Elliot, e todos os outros personagens do Reino de Violoncelo e Cambridge, e eu ainda estou muito ansiosa para correr para eles novamente nas rachaduras no reino, no segundo romance da série.
aspirante, testando seu mundo ficcional sobre ela, e não, Elliot não acha engraçado que Mad questione a plausibilidade de Cello, já que é a sua única realidade não é negociável. É tão encantador e delicioso vê-los se relacionar através desta conexão estranha e observar como eles afetam a vida do outro.




Comentários
4 Comentários

4 comentários:

  1. Nossa, pela capa não dava muito coisa pro livro (vejo que continuo julgando o livor pela capa , as vezes..srrs) ...relamente, pela sua resenha percebo que o livro é maravilhoso..agora quero ler, e sentir tudo que vc sentiu ao lê-lo.
    Obrigada pela indicação.
    bjs

    ResponderExcluir
  2. O livro parece incrível! É bom ler um livro desses que o faz sentir o personagem! Já vou ler e comprar os dois volumes assim que possível!
    Bjos!

    ResponderExcluir
  3. Mesmo levando cinco estrelas e tendo uma ótima indicação, acho que dificilmente irei lê-lo.Acho que não fui conquistada pela sinopse , o que geralmente faz a diferença na minha escolha entre ler ou não um livro.

    ResponderExcluir
  4. O livro é muito bom , comprei o meu na bienal e não me arrependo , fazia tempo que não lia um livro tão bem escrito , e certeza que agora A Fenda Branca é um dos meus li9vros favoritos <3 enfim , alguém sabe quando vai sair o segundo livro ?

    ResponderExcluir

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates