02/01/2014

Resenha | Anjos Caídos - Åsa Schwarz

Nefilim
Autor: Schwarz, Asa

Um grande segredo guardado por milênios está prestes a ser descoberto. Uma geração de anjos caídos, também conhecidos como Nefilim, povoam a terra e lutam, impiedosamente, para evitar que outro dilúvio aconteça e extermine a sua própria espécie. Indiferente a tudo isso, Nova Barakel, uma garota de 19 anos, é uma ativista do meio ambiente empenhada em defender seus princípios. Sua vida toma um rumo inesperado, pois ao mesmo tempo em que tem de lidar com a morte recente de sua mãe, Nova se vê forçada a se esconder da polícia. E, na busca por provar sua inocência, ela se aproxima de mistérios e revelações a respeito da linhagem de sua família que mudarão sua vida para sempre e que a farão questionar tudo em que sempre acreditou.


Nova Barakel, um ativista do Greenpeace, rompe -se para o presidente da maior empresa de energia ( Vattenfall) na Suécia para pulverizar o apartamento com palavras como assassino e dinheiro de sangue . No apartamento, ela descobre que o homem, juntamente com sua esposa e cão, morto de uma forma brutal e sádico. Logo outro presidente corporativo é assassinado

O romance começa com Nova quebrando e entrando em um apartamento, com o único objetivo de pulverizar slogans nas paredes do apartamento do empresário super- ricos. O que ela encontra é uma bagunça. Ele foi abatido , junto com seu cachorro e sua esposa, e seus corpos são deixados para apodrecer no quarto.

Nova torna-se o principal suspeito na investigação do crime e é forçada a fugir da polícia. Ao mesmo tempo, ela tem que lidar com a morte recente da mãe, a quem ela tinha uma relação complicada. Eventos misteriosos vincula com a morte de sua mãe ao assassinato brutal.

E a reação de Nova é completamente lógico, ela foge e depois de se reunir com seus dois amigos da Greenpeace, eles decidem entrar em contato anonimamente à polícia para informá-los sobre os corpos. Eles estão completamente surpreso com o assassinato e não têm ideia de quem poderia ter feito isso, como o Greenpeace não apoia assassinato eles fizeram o que era certo.

Depois disso, passamos para Amanda, que é um pesquisador sênior na polícia. Nós a conhecemos durante uma hora ruim. Ela é muito mais que uma pessoa que tem que estar no controle e não gosta de ver sua reputação como piada. Moisés, que é médico e médico legista. Esta cena tão bem descrevida por Amanda - ela coloca o trabalho em primeiro lugar, mesmo sabendo que ela está doente, ela ainda continua fazer o seu serviço.

Amanda é também o oficial de investigação na morte da mãe de Nova. E é seu trabalho dizer a Nova que as conclusões foram que a mãe deve ter adormecido ao volante do carro, voltando para casa, causando o acidente. Quando Nova enfrenta Amanda, ela ainda está usando o macacão laranja que ela usava quando ela entrou no apartamento do empresário e, sem perceber, implica -se no assassinato, como as investigações posteriores de Amanda revela a presença da Nova, como o macacão laranja era tão perceptível que um assistente de loja identificada-lo.

Nova é um personagem incrivelmente forte, muito bem definida. Ela é ao mesmo tempo inesperado e incomum o suficiente para ser um tipo de adolescente completamente novo do que eu ja li, mas o suficiente.

A história gira fora de essas cenas dramáticas de abertura e o ritmo não desistiu. Só porque Nova é um juvenil , não espere que o autor a reter sobre o terror no sangue do assassinato subsequente ou a determinação Amanda tem para rastrear Nova e vê-la atrás das grades por esses ataques. O que não ajuda é um terrível revelar sobre o passado do próprio Nova que faz Amanda violentamente convencido de que Nova é realmente um assassino psicótico demente.

Nada sobre este livro segue a tendência habitual YA.. Eu estaria certa ao dizer que não é YA, esta mais para uma ficção policia, com crime /suspense.

É bem escrito, bem ritmado e importante, traduzido de uma forma que ainda me fez sentir como se eu estivesse lendo um romance sueco. É uma joia inesperada, eu acabei lendo metade deste livro em ebook. Em 2010, quando fui comprar este livro, o preço estava "salgado", quase R$50,00, e quando teve a Bienal de São Paulo em 2012, consegui o livro por R$10,00 - sim, eu surtei no estante da editora Planeta.

 É um thriller muito moderno, muito maduro, com algumas cenas íntimas entre Amanda e seu amante. É certo que foi uma surpresa que era parte do romance. Muito recomendado.


Comentários
2 Comentários

2 comentários:

  1. Eu li esse livro ano passado, gostei bastante e também paguei 10,00 na bienal que teve aqui em novembro de 2012 :D
    Beijo
    www.sonhosdebrigadeiro.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Falou de ativista do Greenpeace, falou de "cenas íntimas", então já ganhou minha simpatia =D
    Lendo essa resenha me fez lembrar do livros Anjos e Demônios do Dan Brown... muitas semelhanças... EU. QUERO. LER. XD

    @Drick_Ferreira

    ResponderExcluir

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates