13/12/2013

Resenha | O Inocente - Harlan Coben

The Innocent
Editora: Arqueiro
 Aos 20 anos, Matt Hunter vive uma noite de horror que ficará para sempre gravada em sua memória. Durante uma festa, ao tentar apartar uma briga, ele mata uma pessoa acidentalmente e é considerado culpado pelo júri. Agora, nove anos depois de ser libertado da prisão, tudo parece ter entrado nos eixos: Olivia, sua esposa, está grávida e os dois estão prestes a comprar uma casa na cidade natal dele. Mas a ilusão acaba quando Matt recebe um vídeo chocante e inexplicável que começa a despedaçar sua vida pela segunda vez. Para piorar, ele começa a ser seguido por um homem misterioso. Em pouco tempo, o perseguidor é encontrado morto e uma freira querida por todos também é assassinada. Quando as pistas apontam para Matt, ele e Olivia são forçados a desafiar a lei em uma tentativa desesperada de salvar seu futuro juntos. O inocente é um thriller vertiginoso, carregado de emoções. Além disso, é um relato contundente sobre as escolhas que às vezes somos obrigados a fazer e as dramáticas repercussões que teimam em não nos abandonar.
Harlan Coben tornou-se rapidamente um dos meus autores favoritos desde que eu descobri o seu trabalho cerca de três ano atrás. Ele escreve thrillers que simplesmente não da para saber o final, e seus livros estão cheios de suspense e reviravoltas que fazem a leitura ser envolvente e maravilhosa, assim cativando ainda mais seus leitores.

' O Inocente ' é um dos autônomos romances do Harlan, e a história gira em torno de Matt Hunter, um cara geralmente decente, que tem com sucesso a sua vida de volta nos trilhos depois de um trágico incidente em sua juventude , que o mandou para a prisão depois de intervir em uma briga, enquanto cursava a faculdade.Matt estava tentando difundir uma situação em uma festa de faculdade que fica fora de controle.

Foi um acidente, mas Matt certamente paga por isso.

Anos mais tarde, Matt está trabalhando como paralegal do escritório de advocacia de seu irmão, e muito bem casado com Olivia, que acaba de descobrir que está grávida. A vida não poderia ser melhor para Matt...não é?
Isso é até que sua esposa vai embora em uma viagem de negócios. Matt comprou recentemente celulares com câmera para os dois, para que possam manter contato.

Em um certo dia quando Matt esta no trabalho, ele recebe uma mensagem de vídeo de telefone celular de Olivia, e fica chocado ao ver um vídeo de sua esposa com outro homem em um quarto de hotel.
Isso inicia uma cadeia de eventos, telefonemas ameaçadores de um homem misterioso, e da percepção de que Matt realmente não sabe exatamente onde sua esposa está e com quem está.

Matt de repente descobre que sua vida está em crise mais uma vez.

Eu achei que o personagem de Matt foi desenvolvido muito bem. Um cara simpático, tentando reconstruir sua vida e deixar o passado para trás.
Eu encontrei-me a desconfiar de sua esposa Olivia desde o início, mesmo que parecia que ela adorava seu Matt, e ambos têm um passado que eles querem colocar atrás deles. Mas mesmo assim já fiquei com o "pé atrás".

Também neste livro, são re-introduzidos ao condado o pesquisador Loren Muse, que tem sido destaque em alguns dos outros romances autônomos de Coben. Muitas vezes você vai encontrar certos personagens, desde vilões para detetives particulares, muitas vezes, surgir novamente em outro livro.
Coben desenvolve seus personagens muito bem, acho que este é outro ponto positivo para mim ao ler seus romances, também porque é agradável se reencontrar com esses personagens novamente. Loren Muse é um personagem forte, simpático e inteligente. Gosto da maneira como seu personagem se desenvolve e nós ganhamos um pouco de  conhecimento sobre sua vida particular e do passado também.

Tanto o enredo quanto a trama se juntam muito bem, e como acontece com todos os romances de Coben, as coisas nunca são o que parecem, e que o final é totalmente diferente do que você previu.

Esta é uma das razões pelas quais eu AMO ler romances Harlan Coben, você nunca pode prever as terminações. Ele tem um grande talento para fazer o leitor acreditar que a conclusão do caso está mais que na cara, como a história vai acabar, mas depois de alguns livros percebi que isso é apenas para dar algumas voltas para deixá-lo totalmente surpreso com o resultado.

Mesmo que eu já esperasse isso quando leio um romance do Harlan , não prejudica de forma alguma de minha apreciação do livro. Eu prefiro muito mais ler um livro onde eu não posso prever o final.

No geral, eu achei o enredo a ser um pouco mais forte do que alguns de seus outros romances, e por isso eu li os capítulos finais do livro de uma vez, uma vez que exige concentração. Eu sempre acho difícil me afastar de romances de Harlan de qualquer maneira mesmo!

E no entanto, tudo se encaixa, e mais uma vez eu fiquei pensando, o quão inteligente Harlan é, em fornecer uma série de reviravoltas que todos se reúnem no final. Eu não sei como ele faz isso, não sei mesmo, e é isso que o tornar um dos melhores escritores de ficção policial que existe, bem, na minha opinião como super fã.

Se você já leu algum dos livros do Harlan Coben, então você já conhece o estilo e não pode ficar sem ler este livro.
Se não, bem, você gosta de um bom thriller?
Então leia O Inocente, garanto que não irá se arrepender.

PS: Quando soube que o livro iria ser lançado pela editora Arqueiro, entrei em um êxtase inexplicável. Ficar 3 anos procurando este livro foi mais que um sofrimento para os fãs. Muito obrigada Editora Arqueiro! <3





Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates