03/10/2013

Resenha | Chamas na Escuridão - Sadie Matthews #1

Título original: Fire After Dark
Autor: Sadie Matthews
Editora: Companhia
Número de páginas: 384

Essa série provocante vai cativar, envolver e, até mesmo, ‘intoxicar’ a leitora como nenhuma outra. Perfeita para aqueles que amaram 50 Tons de Cinza, mas ficaram querendo mais... A história central se passa em Londres, nos bairros mais badalados dessa encantadora cidade. Mas os protagonistas, Beth - graduada em História da Arte, e Dominic – consultor do mercado financeiro, vão se aventurar também na Croácia, Turquia e NY. Profundamente intensa, romântica, provocante e sensual, essa série vai levar a leitora a um lugar onde o amor e o sexo são liberados de seus limites. Fãs de E.L. James e Sylvia Day vão se manter acordados até tarde da noite com “Chamas na Escuridão”.


Esta é a primeira parte da história de Beth e Dominic. Beth é uma garota de cidade pequena, que voltou para casa depois da universidade para descobrir seu namorado de longa data. Desolada, ela pula com a oportunidade e vai morar com a madrinha rica de seu pai em seu luxuoso apartamento em Mayfair por algumas semanas enquanto ela vai para um retiro.

Suas janelas da sala olhar diretamente para as janelas da frente, onde Beth vê seu vizinho muito bonito, Dominic.
Dominic pode parecer ter o charme de James Stewart ou Richard Gere, mas Beth é mais definitivamente falta de elegância e dignidade discreta de Grace Kelly, como ela vê em seu novo vizinho e persegue ele e seu amigo  todo o caminho até um clube subterrâneo de BDSM. Neste ponto, eu queria gritar para Beth - "brincar mesmo com o fogo, que você vai se queimar"! Mas, com certeza ela não ia me escutar.

Ela começa a conhecer Dominic e eles têm um par de datas e um pouco de sexo até que muito erótico, mas Dominic explica que, apesar de ter amado o seu tempo com ela, isso não será suficiente para ele e seus instintos sexuais e que ele está terminando, maaaaaas, sabemos o que sempre acontece, né? Beth, com toda sua dignidade e orgulho, aparentemente é esquecida assim, estalando os dedos, transforma-se em uma submissa e busca ativamente Dominic, se masturbando na frente da janela onde ele pode vê-la e dirigi-lo a tal ponto que ele não pode mais resistir à sedução inebriante de seu potencial de submissão. Ele decide dar-lhe semana para aprender a submeter-se a ele, e esta é a nossa história.

Beth, não era uma heroína pra mim, e levei quase o livro todo pra gostar dela, mas ela me fez sentir muito desconfortável no começo, mas, depois de um tempo, comecei a simpatizar com ela o suficiente para querer continuar a leitura e querer ler o segundo livro. Ela é uma alma com o coração partido que está em uma viagem de descoberta, totalmente fora de sua realidade e sozinha na cidade grande. Ela tem muito a aprender e de aprendizagem está prestes a tornar-se extremamente doloroso.

Dominic é definitivamente um Dom, embora ele não tem medo de mudar, mas ele realmente não é o mais convincente ou alfa dominante que eu já li. Ele definitivamente tem alguns demônios emocionais á escuras e é totalmente incapaz de igualar o amor com sexo. Quando ele se torna dominante de Beth, ele é frio, desapegado, e educado e não lhe oferece pós-tratamento após a intensidade de suas cenas. Beth pode ter muito a aprender como um submisso, mas eu acho que Dominic tem ainda mais para aprender como um dom e eu não estou realmente certo de que Beth é a garota para o trabalho - ela é  ingênua e inexperiente.

Este foi um livro de duas partes par mim. Até a metade do livro eu estava convencida de que eu não gostava seriamente de Beth, me senti um pouco constrangida e envergonhada por ela, mas, em pouco mais de metade do caminho, tudo o que tinha vindo a construir, finalmente, se encaixaram e a história virou uma esquina e se tornou algo mais confortável. Até aquele momento, eu definitivamente não ia ler o restante do livro, mas a curiosidade fez eu aprender a gora de Beth e querer terminar o livro.

Então, apesar de tudo, isso tem um pouco de uma sensação diferente para ele do que um monte de trilogias estilo FSoG lá fora. O livro acontece em Londres e Sadie Matthews faz um ótimo trabalho de trazer a movimentada cidade a vida. A história é, no mínimo, eventualmente, muito sensual, mas é uma viagem difícil e um pouco desafiadora para mim como uma leitora que não é muito fã de livros de BDSM.






Comentários
0 Comentários

0 comentários:

Postar um comentário

Copyright © 2016 Meu Livro Preferido
| Distributed By Gooyaabi Templates